....................HOME..........FOTOS E VÍDEOS..........LER É PODER..........TWITTER E FACEBOOK..........A VELHA SENTADA......



domingo, 11 de dezembro de 2011

O LIMITE É O BOM SENSO



Comecei este blog em setembro de 2010 para que outros não falassem por mim usando meu nome nas redes socias. Estipulei um prazo e o fim dele chegou.


Foi um ano de experimento e descobertas. Boas e ruins. A descoberta de como essas novas mídias podem facilitar a comunicação de idéias, divulgação de projetos, provocar sorrisos saudaveis ... O lado ruim é a revelação para mim que a usava pouco, da quantidade de crueldade que a internet pode conter. Muitos se aproveitam inclusive do anonimato para difundir preconceitos, ofender injustamente pessoas e propagar mentiras. É uma pena e muitas vezes é a pratica de algum crime.

A cada post que escrevia me perguntava: Qual é o limite para aquilo que comunicarei aqui? E é claro, a resposta é a mais obvia... O limite é o bom e velho Bom senso.

Então já que estamos numa forte ferramenta de comunicação da internet vou usar um conceito da Wikipedia para essa despedida.

Bom senso é um conceito usado na argumentação que é estritamente ligado às noções de sabedoria e de razoabilidade, e que define a capacidade média que uma pessoa possui, ou deveria possuir, de adequar regras e costumes a determinadas realidades, e assim poder fazer bons julgamentos e escolhas. Pode, assim, ser definido como a forma de "filosofar" espontânea do homem comum, também chamada de "filosofia de vida", que supõe certa capacidade de organização e independência de quem analisa a experiência de vida cotidiana.

O bom senso é por vezes confundido com a ideia de senso comum, sendo no entanto muitas vezes o seu oposto. Ao passo que o senso comum pode refletir muitas vezes uma opinião por vezes errônea e preconceituosa sobre determinado objeto, o bom senso é ligado à ideia de sensatez, sendo uma capacidade intuitiva de distinguir a melhor conduta em situações específicas que, muitas vezes, são difíceis de serem analisadas mais longamente. Para Aristóteles, o bom senso é "elemento central da conduta ética uma capacidade virtuosa de achar o meio termo e distinguir a ação correta, o que é em termos mais simples, nada mais que bom senso."

Bom senso no humor. Bom senso no opinar. Bom senso no viver.

Foi um prazer ter compartilhado esses meses com vcs por aqui.
Nos vemos.


Um video para inspirar.






quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Teatro Vila Velha inaugura o Nós, Por Exemplo - Centro de Documentação e Memória

Foi inaugurado na manhã de hoje o "Nós, Por Exemplo - Centro de Documentação e Memória", que guarda um rico acervo do Vila em fotos, documentos, material gráfico e audiovisual, dos grupos e artistas que fazem parte da história do Teatro.


Estiveram presentes artistas, funcionários da casa, patrocinadores e amigos do Vila. O diretor artístico Marcio Meirelles, juntamente com Gina Leite, coordenadora geral do TVV, falaram sobre a importância desse projeto. Quem também esteve presente para falar sobre a implantação do acervo foi Vinicio Oliveira, um dos responsáveis pelo projeto e ex-diretor do Teatro, e Griselda Klüppel, coordenadora técnica do projeto. Ana Zalcbergas, representante da Caixa Cultural, falou sobre o patrocínio que o Vila recebeu da Caixa para montagem e informatização do arquivo documental e fotográfico.


O Nós, Por Exemplo guarda uma parte da história da cultura baiana e tem em seus arquivos um pouco da trajetória de artistas como João Augusto, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Martha Overbeck, Sônia Robatto, Maria Francisca (Tereza Sá), Maria Manuela, Wilson Mello, Lázaro Ramos, Carlos Petrovich, e outros.

Ana Zalcbergas, Gina Leite, Marcio Meirelles, Griselda Klüppel e Vinicio Oliveira



Sônia Robatto, Ana Zalcbergas e Marcio Meirelles

Marcio no Centro de Documentação e Memória "Nós, Por Exemplo"